Publicidade
09 abr

blog_heloisa, Lifestyle, Moda, Sustentabilidade

Salão de Negócios – Minas Trend Verão 2018

O salão de negócios da vigésima edição do Minas Trend foi marcado pela presença de inúmeros profissionais do setor da moda, em consonância com os estandes de grandes marcas varejistas, entre as quais se incluem algumas das presentes nas passarelas. O salão apresentou dezenas de marcas expostas. Alguns estandes maiores e mais elaborados refletiram bem a feira em geral, servindo de exemplos e referência para essa matéria. Logo na entrada da feira, foi perceptível a forte presença de calçados e acessórios repletos de muito brilho e estampas minerais e rochosas – como os produtos da Vincenza, da Isla e Serpui. Muita brasilidade acompanhou o visual dos produtos no decorrer da feira. Bolsas e sapatos com animal print foram vistos como maioria, com forte presença de pele de pirarucu, como os modelos da Agali e predominância de repteis. As marcas Ivana Salume, Caledoiscópio e S&B enfatizaram isso. No setor de vestuários, as marcas trouxeram as tendências das passarelas para dentro de seus estandes. Victor Dzenk ocupou lugar de destaque na feira, em local integrado com Preta Gil por Victor Dzenk e Thais Dzenk. Outra integração de destaque foram os estandes de Fatima Scofield, Fedra e Fafá, todos reunidos em um espaço sofisticado, como suas peças. Outra compilação interessante foi a união da Íntima Passion, Mollet, Nephew e da Vórtice Brasil que, mesmo localizadas em posição mais afastada, conseguiu destaque por sua atraente e sofisticada composição branca minimalista. Ainda em termos de design e visual merchandising, o estande da grife SK Skunk apresentou uma interessante proposta ao utilizar samambaias nas paredes internas e paletes nas externas. Outro exemplo interessante foi o espaço da Ellus, que embora pequeno, manteve toda a identidade da coleção e a da própria marca em seu estande preto, contrastando com a predominância do branco e das cadeiras ghost, de Philippe Stark, das demais grifes do evento, em geral. Ao fim, o estande de dez anos do Minas Trend e o grande espaço disponibilizado para o SENAI fez o público relembrar da dimensão, importância e do alcance que o evento construiu ao longo dessas vinte edições. Texto e Edição: Heloisa Santos/ Gustavo Randazzo Seleção de imagens: Érika Silva Fotografia: Agência Fotosite
06 abr

blog_heloisa, Lifestyle, Moda, Sustentabilidade

Victor Dzenk – Verão 2018 / Minas Trend

O último desfile da edição “ano.dez” do Minas Trend – Verão 2018 foi marcado pela coleção “Safari Tropical”, de Victor Dzenk, que transformou a passarela em uma verdadeira floresta fashion! Inspirado inicialmente na obra do artista plástico Luiz Zerbini, o estilista aprofundou-se em temas que remetem a fauna e a flora do Brasil, bem como a própria mulher brasileira, ambas dotadas de aspectos bem característicos. Com isso, Victor Dzenk apresenta estampas exclusivas para a coleção, que é a sua marca registrada. Aspectos geométricos e renda misturados à natureza de nosso país e um novo estilo de camuflado estão entre os destaques. A coleção trouxe para as passarelas vários momentos de aspectos diferentes, sendo difícil apontar cores predominantes exatas, pela raiz de sua proposta. O desfile começou com forte presença de tons pastéis, babados e plumas. Na sequencia aparece a  camuflagem e bonés com protetores traseiro, como os utilizados nas selvas. Os looks com estampas geométricas e florais se seguiram, até darem espaço às peças monocromáticas de cores vibrantes roxo e verde lima – cor que teve aparições de destaque em outros desfiles dessa edição do Minas Trend. Ao fim, o desfile apresentou peças em cores creme/pastel com detalhes pretos, sendo listras ou bordados florais. Foi impossível não ter flashbacks dos anos 80 em alguns momentos da passarela, seja pelas muitas cores vibrantes utilizadas, ou pelas peças com ombro enfatizado. Sem perder o aspecto comercial, mas ainda conseguindo trazer originalidade e manter sua identidade, Victor Dzenk fez de sua coleção “Safari Tropical” um deleite de cores vivas para os muitos presentes no desfile, com looks impactantes o suficiente para não serem esquecidos, nem mesmo durante o show de Preta Gil, que fechou o desfile logo em seguida. Assista o vídeo do desfile: Texto e Edição: Heloisa Santos/ Gustavo Randazzo Montagem das imagens: Érika Silva Fotografia e vídeo: Agência Fotosite
06 abr

blog_heloisa, Lifestyle, Moda, Sustentabilidade

Manzan – Verão 2018 / Minas Trend

O quarto desfile que marcou o segundo dia do Minas Trend – Verão 2018 foi da Manzan, que proporcionou na passarela uma verdadeira viagem à Tailândia. Viagem, em si, foi o tema central da coleção, que se inspirou em “mochileiras”, praias e templos religiosos. A influência da cultura asiática permeou os looks desfilados. Quimonos, vestidos longos e pantalonas de seda pura foram os principais destaques, somando-se à forte presença do jeans descontruído e de mochilas como acessórios, enfatizando ainda mais a temática da coleção. Manzan também optou por usar transparência em algumas peças, e apresentou forte presença de bordados brilhantes, renda manual e babados. O desfile ainda apresentou peças de alfaiataria com mangas largas e tecidos leves. As cores predominantes foram o azul bebê e os tons pastéis, além do rosa bebê que também teve grande presença na coleção. Botas de bico fino e cano curto também foram regra absoluta dentre as composições apresentadas. Assista o vídeo da coleção: Texto e Edição: Heloisa Santos/ Gustavo Randazzo Montagem das imagens: Érika Silva Fotografia e vídeo: Agência Fotosite
06 abr

blog_heloisa, Lifestyle, Moda, Sustentabilidade

Manzan – Verão 2018 / Minas Trend

O quarto desfile que marcou o segundo dia do Minas Trend – Verão 2018 foi da Manzan, que proporcionou na passarela uma verdadeira viagem à Tailândia. Viagem, em si, foi o tema central da coleção, que se inspirou em “mochileiras”, praias e templos religiosos. A influência da cultura asiática permeou os looks desfilados. Quimonos, vestidos longos e pantalonas de seda pura foram os principais destaques, somando-se à forte presença do jeans descontruído e de mochilas como acessórios, enfatizando ainda mais a temática da coleção. Manzan também optou por usar transparência em algumas peças, e apresentou forte presença de bordados brilhantes, renda manual e babados. O desfile ainda apresentou peças de alfaiataria com mangas largas e tecidos leves. As cores predominantes foram o azul bebê e os tons pastéis, além do rosa bebê que também teve grande presença na coleção. Botas de bico fino e cano curto também foram regra absoluta dentre as composições apresentadas. Texto e Edição: Heloisa Santos/ Gustavo Randazzo Montagem das imagens: Érika Silva Fotografia e vídeo: Agência Fotosite
06 abr

blog_heloisa, Lifestyle, Moda, Sustentabilidade

Unity Seven – Verão 2018 / Minas Trend

A terceira marca a desfilar no segundo dia de desfiles oficiais da edição “ano.dez” do Minas Trend foi a Unity Seven. A empresa apresentou uma coleção de aspecto clássico, romântico e festivo, bem como são os ideais da própria grife. A Unity Seven desfilou diversos modelos de vestidos longos sofisticados, com ares de minimalismo. As cores predominantes na passarela foram muito evidentes, tais como: peças monocromáticas branco perolado e rosa bebê foram regra quase absoluta, com exceção apenas dos vestidos que compunham as duas cores. Toda a identidade visual bastante evidente da coleção não deu-se apenas nas duas tonalidades utilizadas, mas também nos cortes e na modelagem dos vestidos. Os modelos apresentaram cintura marcada – por recorte ou por amarras -, com tecidos fluidos abaixo da mesma. Ao final do desfile da Unity Seven, um vestido de noiva branco ilumidado por fitas de LED surge nas rampas estruturais, mas não chega a passar pela passarela, uma peça que destoa por completo do restante da coleção. Uma clara alusão às origens da própria marca, que teve sua atuação inicial no e-comerce. Assista o vídeo do desfile: Texto e Edição: Heloisa Santos/ Gustavo Randazzo Montagem das imagens: Érika Silva Fotografia e vídeo: Agência Fotosite
testjir